Cervejas – História

Olá, Sweeties ! Hoje falaremos um poquinho da história da cerveja e a sua importância, até obtermos o produto que conhecemos atualmente. Vamos lá ?

cervejas

(Imagem da Intenet)

Os primeiros indícios de campos de cultura de cereais conhecidos datam de aproximadamente 9000 a.C. , na Ásia Ocidental, de onde os agricultores retiravam os grãos e os transformavam em farinha, fato que deu origem a uma lenda de que os homens se fixaram em locais foi a necessidade de produzir pão e cerveja. Agora, você deve estar se perguntando o que o pão e a cerveja tem em comum, certo? A resposta para a sua pergunta é bem simples ! Ambos são feitos a partir de grãos, como cevada, trigo, arroz, aveia, etc), água e fermento, e ambos possuem o mesmo valor nutricional, tanto que a cerveja já foi chamada de pão líquido, pois ela alimentava tanto quanto o pão.

Segundo historiadores, o processo de fabricação da cerveja pode ter sido descoberto por acaso. O processo de preparação consiste em amolecer o amido presente nos grãos de cereal, deixando-os de molho em água para que os grãos a absorvam, iniciando o processo de transformação dos amidos presentes nos grãos em açúcar, ou a germinação dos grãos. Para conter o processo de germinação dos grãos, é necessário secá-los. O processo de secagem e torrefação dos grãos têm como resultado o malte, responsável pelo sabor adocicado nos grãos.

Possivelmente, algum grupo desses agricultores tenha armazenado a colheita em vasos para uso posterior e os grãos acabaram se umedecendo e que devem ter sido colocados para secar. O passo seguinte para a produção da cerveja é fazer uma espécie de sopa com os grãos secos. Se essa “sopa” for abandonada,começará a ser atacada por microorganismos presentes na atmosfera, dando início a um processo de fermentação, que é a produção de álcool a partir do açúcar presente nos grãos, obtendo-se assim a cerveja.

Muitos indícios nos dão a entender que por volta de 6000 a.C., na mesma época em que as cidades começaram a ser construídas, a fabricação da cerveja já era uma atividade bem fixada das antigas civilizações. Há registros de que por volta do ano 2000 a. C, os chineses produziam uma bebida chamada de tsiou, uma cerveja de painço, fabricada especialmente para ser oferecida aos ancestrais. Os egípcios também fabricavam vários tipos de cervejas, conhecidas como zythum. As cervejas mais suaves eram destinadas aos pobres, enquanto as aromatizadas com gengibre, mel, tâmaras, eram servidas somente para os nobres. Também era uma bebida imdispensável em cerimônias fúnebres, em banhos para tratamentos de pele, entre outros. Os gregos utilizavam a cerveja apenas para tratamento médico, pois descobriram o efeito diurético que ela tem. Eles também criaram uma bebida em homenagem à Ceres, Deusa da Colheita. Rapidamente, depois de tantas descobertas, a cerveja logo foi associada a religião e aos deuses, pois seu efeito embriagador e a sensação de euforia causada por ela levou aos povos a estabelecer uma relação entre a bebida e os aspectos religiosos.

Ceres, deusa da Colheita

Ceres, Deusa da Colheita

(Imagem da Internet)

Na Idade Média, a produção da cerveja era uma atividade extremamente caseira e realizada pelas mulheres da família, sendo a bebida preferida das famílias, por ter disponibilidade de matéria-prima e por possuir um  custo bem mais baixo do que o do vinho. Naquela época também, a cerveja era utilizada como remédio, sendo parte de sua composição as raízes, cascas, especiarias como tomilho,ervas em geral, pimentas, mel, entre outros. Também era servidas em festas e comemorações, por ser refrescante, e tambémpor ser uma alternativa à água, que nem sempre era própria para o consumo.

Depois desse período, a produção em grande escala das cervejas passou a ser feita em mosteiros. Os mais famosos produtores de cerveja são a Abadia de Bobbio, na Itália e a Abadia de Sakt Gallen, na Suíça. Por serem locais de conhecimento, numa sociedade totalmente desinformada, as receitas eram registradas para posteriores pesquisas.

Após o período da Renascença, onde os princípios capitalistas começaram a ser fundamentados, juntamente com a urbanização, começaram a provocar uma grande mudança comportamental esocial, as técnicas de produção das cervejas passaram também a acompanhar essas mudanças. Hoje temos uma infinidade de cervejas, feitas com diversas matérias-primas. A cerveja, atualmente possui um papel socializante, pois em qualquer festa, comemoração ou qualquer ocasião formal, ela estará lá, até porque não existe bebida mais popular do que ela.

Espero que tenham gostado ! Um beijo e até a próxima !

bkg1 - Cópia

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s