Farinhas de Trigo – Como Diferenciá-las ?

Olá, Sweeties ! No post de hoje, explicaremos à vocês as diferenças entre os tipos de farinha de trigo que encontramos no mercado. Cada farinha possui uma característica específica que irá designar o uso de cada uma delas, fazendo uma diferença enorme durante o preparo de suas receitas. E então, vamos aprender ?

Farinhas de Trigo

(Imagem da Internet)

Para iniciarmos o nosso tema,é preciso saber que existem no mercado 5 tipos diferentes de farinha de trigo, e que cada um deles possui um uso específico, para se obter o resultado desejado. As variações são, respectivamente :

  • T-45 ou  Farinha-flor : é a farinha mais refinada e branca. Possui cerca de 8% de proteína, ideal para a confecção de massas leves e fofas, como bolos, pães-de-ló, biscoitos, entre outros.
  • T-55 ou Farinha superfina : é a farinha ideal para a produção de bolos, tartes, massas fermentadas e pasteis. Possui cerca de 12% de proteína.
  • T-65 ou farinha fina : Específica para o preparo de pães e também de bolos. Possui cerca de 12 % de proteína e apresenta uma coloração mais clara e grãos mais finos.
  • T-80 ou Farinha semi-integral : É usada no preparo de pães e biscoitos semi-integrais. Apresenta uma coloração mais escura e é ideal para o preparo de pães e biscoitos.
  • T-150 ou Farinha integral : É a farinha mais rica em proteínas. Possui uma coloração bem escura e apresenta grãos mais grossos. É ótima para o preparo de pães, apesar de resultar em massas compactas e pesadas.

Espero que esse post tenha tirado algumas dúvidas. Caso utilize alguma dessas farinhas, ou queira fazer a utilização delas, faça algumas alterações em suas receitas. Faça alguns testes usando metade de uma e metade de outra, e nos diga a proporção de farinha usada e como ficou.

Um beijo e até a próxima !

Get ready ‘ cause …

bkg1 - Cópia

Anúncios

Dicas de Quarta – Como Comer Sushi Corretamente

Olá, Sweeties ! No Dicas de Quarta dessa semana, viemos mostrar e ensinar à vocês como comer sushi da forma correta, aproveitando ainda mais os sabores e combinações que ele pode nos proporcionar. No final desse post, disponibilizamos um vídeo que explica muito bem como apreciar a iguaria. E então, vamos às dicas ?

Como comer sushi corretamente

(Imagem da Internet)

A primeira dica para se apreciar o prato, é usar as mãos para comer os rolinhos de sushi. Desse modo, fica mais fácil para molhar umas das extremidades do rolinho no molho shoyu, evitando que ele fique úmido demais.

A segunda dica, é não combinar o sushi com o gengibre. O gengibre deve ser consumido após você ter comido o sushi, sashimi, pois ele serve para limpar o paladar entre um sushi e outro. Lembre-se de nunca sacudir o excesso de de shoyu do sushi. Isso pode fazer com que o bolinho se desmanche.

Abaixo, um vídeo que explica melhor o processo :

 –

Espero que essepost tenha ajudado. Um beijo e até a próxima !

Get ready ‘ cause …

bkg1 - Cópia

Dicas de Quarta – Como reaproveitar sobras vegetais ?

Olá, Sweeties ! No Dica de Quarta de hoje, trazemos à vocês uma opção de como reaproveitar aqueles vegetais que sobram dentro da geladeira. Tudo isso de uma forma bem simple, saudável e gostosa. Vamos lá ?

Verduras

(Imagem da Internet)

Todos sabemos que, aqueles vegetais que sobram na geladeira, que já estão começando a ficar murchos, sempre acabam indo para o lixo,o que é um desperdício enorme de matéria-prima e também, de dinheiro. Nós do It’s Sugar Time, acabamos por pesquisar novos métodos para evitar o desperdício de comida, e descobrimos uma maneira bem fácil de dar uma nova cara para legumes e verduras que estejam começando a passar do ponto. Que tal preparar uma deliciosa conserva caseira, que combine com qualquer prato e que reaproveite os alimentos de uma forma simples, barata e deliciosa ? Aqui a gente te ensina como.

Picles Caseiro

(Imagem da Internet)

Para começar, separe os vegetais que tiver à mão. Pode ser brócolis (com o talo), cenouras, rabanetes, pepinos, repolhos, ervilha-torta, couve-flor, cebolas, beterrabas, entre muitos outros. Corte todos os vegetais como preferir. Pode ser em cubos, em tiras, alla juliene, em pedaços disformes, ou como preferir. O segundo passo, é preparar o líquido da conserva. Para isso, você vai precisar misturar uma caneca de água e duas canecas de vinagre. Acrescente uma colher de sopa cheua de sal e uma colher de sopa cheia de açúcar. Mexa a mistura até o açúcar se dissolver no líquido. Em seguida, disponha os vegetais um um vidro limpo (esterelizado, de preferência), e que feche hermeticamente. Acrescente o líquido no vidro com os vegetais, e se preferir, adicione ervas, como alecrim, sálvia, salsinha, cebolinha, orégano ou tomilho frescos, ou sementes de mostarda e de pimenta. Os temperos são opcionais e propiciam uma diversidade de sabores diferenres em cada conserva que você fizer.

Uma dica importante é fazer uma conserva separada de vegetais como cebola-roxa, beterraba, rabanetes e repolho-roxo, pois eles soltam pigmentos e colorem os outros elementos da conserva de uma cor rosada. Caso queria evitar que isso aconteceça, separe-os em outros vidros. Aconserva caseira dura até 8 semanas se for mantido fechado e refrigerado.

O picles caseiro combina muito bem em saladas, sanduíches, tábua de queijos, carnes grelhadas ou assadas, fritutas em geral. Os legumes também podem ser picados e adicionados no ketchup, para temperar hambúrgueres, ou o líquido da conserva pode substituir o vinagre no preparo de molhos em geral.

Um beijo e até a próxima !

Get ready ‘ cause …

bkg1 - Cópia

Higiene e Saúde – Os cuidados que precisamos tomar no preparo dos alimentos

Olá, Sweeties ! Tudo bom?

O post de hoje é dedicado aos cuidados que devemos tomar durante o preparo de refeições, desde a devida higienização do local de trabalho, até a higiene e cuidados que o cozinheiro deve tomar. Essas são precauções básicas que todo cozinheiro, chef, ajudante, deve tomar para evitar a contaminação dos alimentos e evitar a disseminação de doenças por meio da comida. Então, vamos às dicas?

A primeira dica e a mais importante, é higienizar muito bem as mãos antes do preparo de qualquer alimento. Evite usar brincos, anéis e pulseiras e mantenha sempre os cabelos presos ou use uma touca. As unhas devem estar curtas, bem higienizadas e sem esmaltes. O idealé é, depois de lavar as mãos com água e sabão, passar álcool em gel, para que a higienização das mãos seja completa.

 

Certo/Errado

Certo/Errado

(Desenho por Yann Freitas – Todos os direitos reservados)

Uma dica é higienizar bem colheres de pau, tábuas de madeira, panos de prato e afins, pois são ambientes quentes e úmidos, e com resíduos de alimentos, onde é uma fonte bem fácil para a proliferação de bactérias e microorganismos causadores de doenças. O ideal,seria substituir as colheres de pau por espátulas de silicone, que são mais fáceis de higienizar.

Também, deve-se evitar o uso da mesma colher ou espátula em diversas panelas com alimentos diferenciados. Assim, evita-se a contaminação cruzada. Cada utensílio, mesmo que bem higienizado, possui seus próprios microorganismos que, ao entrar em contato direto com outros, podem contribuir para a deterioração do alimento, ou provocar mutações que não são benéficas ao nosso organismo.

Outra dica é evitar guardar sobras de produtos enlatados na geladeira, pois o verniz de revestimento latas fica exposto ao ser furado com o abridor, pode entrar em contato com o alimento e acelerar o processo de oxidação, causando contaminação pela transferência dos metais presentes na composição das embalagens, para o alimento. Nesse caso, o ideal é transferir as sobras de enlatados em potes de vidro com tampa ou postes plásticos com tampa. Também é necessária a higienização das latas antes do consumo, pois elas também podem ter sido expostas à contaminação proveniente do contato com ratos e baratas, ou até mesmo pelas más condições de estocagem.

A higiene de frutas e verduras também é importante. Retirar as primeiras folhas, e as folhas deterioradas de hortaliças ajuda a diminuir o risco de doenças e  o risco de exposição aos agrotóxicos que foram usados durante o cultivo. Lave frutas e verduras em água corrente e deixe imerso em uma solução de 1 litro de água com 1 colher de sopa deágua sanitária por pelo menos 15 minutos. Esse processo elimina os microorganismos presentes nas cascas dos alimentos, evitando a contaminação do organismo.

Evite colocar cestos de lixo sobre a pia. O lixo acumulado nos cestos facilita o crescimento de bactérias e outros seres contaminantes, que podem se alojar facilmente nos alimentos dispostos sobrea pia. O correto é que os cestos de lixo fiquem no chão e, de preferência, que tenham seus sacos trocados todos os dias.

Espero que tenham gostado das dicas e que elas ajudem à vocês a ter um melhor controle sobre os alimentos que vão para a sua mesa. Caso haja alguma dica, sugestão ou até mesmo críticas acerca do tema, deixem a opinião de vocês nos comentários, ou envie-nos um e-mail no contato : itssugartime.1@gmail.com . Agradecemos a opinião de vocês.

Um beijo e até a próxima !
Get ready ‘ cause …

bkg1 - Cópia