Farinhas de Trigo – Como Diferenciá-las ?

Olá, Sweeties ! No post de hoje, explicaremos à vocês as diferenças entre os tipos de farinha de trigo que encontramos no mercado. Cada farinha possui uma característica específica que irá designar o uso de cada uma delas, fazendo uma diferença enorme durante o preparo de suas receitas. E então, vamos aprender ?

Farinhas de Trigo

(Imagem da Internet)

Para iniciarmos o nosso tema,é preciso saber que existem no mercado 5 tipos diferentes de farinha de trigo, e que cada um deles possui um uso específico, para se obter o resultado desejado. As variações são, respectivamente :

  • T-45 ou  Farinha-flor : é a farinha mais refinada e branca. Possui cerca de 8% de proteína, ideal para a confecção de massas leves e fofas, como bolos, pães-de-ló, biscoitos, entre outros.
  • T-55 ou Farinha superfina : é a farinha ideal para a produção de bolos, tartes, massas fermentadas e pasteis. Possui cerca de 12% de proteína.
  • T-65 ou farinha fina : Específica para o preparo de pães e também de bolos. Possui cerca de 12 % de proteína e apresenta uma coloração mais clara e grãos mais finos.
  • T-80 ou Farinha semi-integral : É usada no preparo de pães e biscoitos semi-integrais. Apresenta uma coloração mais escura e é ideal para o preparo de pães e biscoitos.
  • T-150 ou Farinha integral : É a farinha mais rica em proteínas. Possui uma coloração bem escura e apresenta grãos mais grossos. É ótima para o preparo de pães, apesar de resultar em massas compactas e pesadas.

Espero que esse post tenha tirado algumas dúvidas. Caso utilize alguma dessas farinhas, ou queira fazer a utilização delas, faça algumas alterações em suas receitas. Faça alguns testes usando metade de uma e metade de outra, e nos diga a proporção de farinha usada e como ficou.

Um beijo e até a próxima !

Get ready ‘ cause …

bkg1 - Cópia

Anúncios

Dicas de Quarta – Como Comer Sushi Corretamente

Olá, Sweeties ! No Dicas de Quarta dessa semana, viemos mostrar e ensinar à vocês como comer sushi da forma correta, aproveitando ainda mais os sabores e combinações que ele pode nos proporcionar. No final desse post, disponibilizamos um vídeo que explica muito bem como apreciar a iguaria. E então, vamos às dicas ?

Como comer sushi corretamente

(Imagem da Internet)

A primeira dica para se apreciar o prato, é usar as mãos para comer os rolinhos de sushi. Desse modo, fica mais fácil para molhar umas das extremidades do rolinho no molho shoyu, evitando que ele fique úmido demais.

A segunda dica, é não combinar o sushi com o gengibre. O gengibre deve ser consumido após você ter comido o sushi, sashimi, pois ele serve para limpar o paladar entre um sushi e outro. Lembre-se de nunca sacudir o excesso de de shoyu do sushi. Isso pode fazer com que o bolinho se desmanche.

Abaixo, um vídeo que explica melhor o processo :

 –

Espero que essepost tenha ajudado. Um beijo e até a próxima !

Get ready ‘ cause …

bkg1 - Cópia

Dicas de Quarta – Como reaproveitar sobras vegetais ?

Olá, Sweeties ! No Dica de Quarta de hoje, trazemos à vocês uma opção de como reaproveitar aqueles vegetais que sobram dentro da geladeira. Tudo isso de uma forma bem simple, saudável e gostosa. Vamos lá ?

Verduras

(Imagem da Internet)

Todos sabemos que, aqueles vegetais que sobram na geladeira, que já estão começando a ficar murchos, sempre acabam indo para o lixo,o que é um desperdício enorme de matéria-prima e também, de dinheiro. Nós do It’s Sugar Time, acabamos por pesquisar novos métodos para evitar o desperdício de comida, e descobrimos uma maneira bem fácil de dar uma nova cara para legumes e verduras que estejam começando a passar do ponto. Que tal preparar uma deliciosa conserva caseira, que combine com qualquer prato e que reaproveite os alimentos de uma forma simples, barata e deliciosa ? Aqui a gente te ensina como.

Picles Caseiro

(Imagem da Internet)

Para começar, separe os vegetais que tiver à mão. Pode ser brócolis (com o talo), cenouras, rabanetes, pepinos, repolhos, ervilha-torta, couve-flor, cebolas, beterrabas, entre muitos outros. Corte todos os vegetais como preferir. Pode ser em cubos, em tiras, alla juliene, em pedaços disformes, ou como preferir. O segundo passo, é preparar o líquido da conserva. Para isso, você vai precisar misturar uma caneca de água e duas canecas de vinagre. Acrescente uma colher de sopa cheua de sal e uma colher de sopa cheia de açúcar. Mexa a mistura até o açúcar se dissolver no líquido. Em seguida, disponha os vegetais um um vidro limpo (esterelizado, de preferência), e que feche hermeticamente. Acrescente o líquido no vidro com os vegetais, e se preferir, adicione ervas, como alecrim, sálvia, salsinha, cebolinha, orégano ou tomilho frescos, ou sementes de mostarda e de pimenta. Os temperos são opcionais e propiciam uma diversidade de sabores diferenres em cada conserva que você fizer.

Uma dica importante é fazer uma conserva separada de vegetais como cebola-roxa, beterraba, rabanetes e repolho-roxo, pois eles soltam pigmentos e colorem os outros elementos da conserva de uma cor rosada. Caso queria evitar que isso aconteceça, separe-os em outros vidros. Aconserva caseira dura até 8 semanas se for mantido fechado e refrigerado.

O picles caseiro combina muito bem em saladas, sanduíches, tábua de queijos, carnes grelhadas ou assadas, fritutas em geral. Os legumes também podem ser picados e adicionados no ketchup, para temperar hambúrgueres, ou o líquido da conserva pode substituir o vinagre no preparo de molhos em geral.

Um beijo e até a próxima !

Get ready ‘ cause …

bkg1 - Cópia

Dicas de Quarta – Como comer bem gastando menos

Olá, Sweeties ! Nas dicas de hoje, vamos te ensinar a como ter comidas de qualidade na mesa, que não pesam no seu bolso. São dicas bem simples, mas que farão uma diferença bem grande no fim do mês. Vamos lá?

Verduras

 

(Imagem da Internet)

O primeiro passo para economizar,é montando uma lista de compras. Verifique seus armários, despensa e freezer/geladeira e liste o que você ache necessário. Tendo uma lista, você evita gastos desnecessários com itens que você não precisa. O segundo passo é o planejamento do cardápio. Eu,partiularmente, prefiro fazer um planejamento semanal. Primeiro, porque eu acho mais fácil, e segundo, porque,caso eu precise de algum ingrediente que esteja em falta, eu posso tirar o dia para pesquisar preços e comprar no estabelecimento mais barato.

Uma outra ideia é sempre dar uma olhadas nas ofertas da semana, procure sempre por estabelecimentos que cobrem o preço da concorrência. Desse modo,você já começa a ter uma noção do quanto está gastando.  Estabeleça sempre um orçamento fixo para ser gasto somente com os itens de sua lista de compras,para ter um controle do quanto se está gastando. Outra dica importante é verificar a data de validade dos alimentos, pois geralmente os preços caem quando os itens estão próximos do fim da data de validade.

Verifique sempre se você possui espaço para acomodar todos os itens que irá comprar, evitando gastar com quantidades demasiadas. Procure locais de confiança e de qualidade para comprar, pois a qualidade dos produtos que você irá usar também farão diferença no resultado que você deseja.

NUNCA desperdice as sobras. Sejam sobras de legumes, verduras, frutas, gordura de cozimento de alguma carne assada, entre outros. Com esses ingredientes,você prepara novos pratos e evita de jogar no lixo alguns itens que podem ser reaproveitados.

Você também pode criar pequenos viveiros de ervas frescas em casa. Além de ser mais saudável, você não precisa comprar ervas e folhas de procedência duvidosa.

Viu como é fácil preparar refeições estonteantes sem gastar muito?  Basta seguir esses passos e certamente você verá uma grande diferença na qualidade da sua alimentação e no seu orçamento no final do mês.

Espero ter ajudado a vocês ! É sempre um prazer compartilhar com vocês essas dicas.

Um beijo e até a próxima !
Get ready ‘ cause …

bkg1 - Cópia